Biblioteca Canaoeste

Biblioteca “General Álvaro Tavares Carmo”

A Biblioteca da Canaoeste foi fundada em 14 de dezembro de 1972 com o objetivo de oferecer aos associados e seus dependentes, um acervo cultural como fonte de pesquisa e conhecimento. O empreendimento recebeu o nome de General Álvaro Tavares Carmo em homenagem ao presidente do IAA (Instituto do Açúcar e do Álcool) da época, que doou a primeira coleção de livros sobre cana-de-açúcar para a biblioteca.
Desde sua fundação até 2011, a biblioteca atuou atendendo um público específico formado por associados, cooperados e colaboradores do Sistema Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred. A partir de abril de 2012 passou a oferecer os serviços ao público de forma geral, sem a necessidade de vínculo com as entidades. Desde então, a Biblioteca da Canaoeste deixou de ser privada para se tornar uma biblioteca comunitária gratuita, recebendo também a visita de estudantes, pesquisadores, crianças, adultos e idosos.

O aumento de frequentadores da Biblioteca da Canaoeste foi muito significativo e, dessa forma, novos projetos foram colocados em prática. Veja:

  • 2012 até hoje: Projeto Geladeiroteca*: consuma aqui e alimente seu espírito;
  • 2012 até hoje: Participações na Feira do Livro de Sertãozinho e na Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto;
  • 2013-2014: Conquista do prêmio para ser o “Ponto de Leitura: Todo dia é Dia de Ler”;
  • Finalista do Prêmio Vivaleitura 2014 (Categoria 1 – Bibliotecas públicas, privadas e comunitárias);
  • 2014: Membro do Grupo de Difusão do SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo);
  • 2014: Painelista do 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias (Biblioteca Viva);
  • 2014: Destaque em alguns veículos de comunicação: Folha de S.Paulo, Rádio CBN, Jornal USP, TV USP, Rádio USP, EPTV Ribeirão Preto, etc;
  • 2015: Convidado do 1º Encontro Internacional por um Brasil Leitor;
  • 2015-2017: Integrante do Projeto de Cultura e Extensão “Sertãozinho, cultura e história” desenvolvido por docentes e alunos da USP/Ribeirão Preto em parceria com o Museu da Cana;
  • 2016: Pôster digital do 9º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias (Biblioteca Viva);
  • 2017: Painelista do 10º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias (Biblioteca Viva),
  • 2017: Integrante do Projeto de Cultura e Extensão “Conversão de bases bibliográficas para Koha Library System” desenvolvido em parceria com o Prof. Dr. José Eduardo Santarem Segundo, docente da USP/Ribeirão Preto e alunos da mesma instituição.

Estrutura:

  • Acervo com aproximadamente 15 mil livros para retirada por empréstimo;
  • Periódicos;
  • Vídeos técnicos e documentários;
  • Computadores com acesso à internet;
  • Sinal Wi-Fi;
  • Tablet;
  • Audioteca com CDs, fitas cassete e discos de vinil;
  • Gibiteca;
  • Centro de Documentação,
  • Ambientes climatizados.

Atividades extras:

  • Palestras;
  • Oficinas de artesanato;
  • Contação de histórias;
  • Teatro;
  • Recepção de visitantes (Ex: Casa Pia, escolas, moradores de abrigos, etc);
  • Cursos (Ex: Curso de conservação de documentos e livros);
  • Férias da Biblio,
  • Geladeirotecas*.

A Biblioteca da Canaoeste está localizada na Rua Frederico Ozanan, 842 – Centro, Sertãozinho/SP.

Contatos

(16) 3524-2453 / 3524-2455
biblioteca@canaoeste.com.br
facebook.com/bibliotecacanaoeste

Geladeiroteca*: O projeto consiste em disponibilizar geladeiras antigas, adaptadas para receber acervos de livros, em locais públicos e bastante frequentados pela população. As obras podem ser retiradas gratuitamente e, após a leitura, devolvidas no local, repassadas a amigos e conhecidos ou deixadas em pontos de ônibus e bancos de praças.