Você sabe qual é a diferença entre tempo e clima? Entenda aqui!

Grande parte das pessoas não entende por que a previsão é do tempo, não do clima.

28/02/2019 14:10

No dia a dia, é muito comum as pessoas usarem as palavras “tempo” e “clima” como se fossem sinônimos. Até nos veículos de comunicação essa é uma confusão que ainda se vê — apesar de já ter diminuído muito nos últimos anos. Mas a verdade é que há muita diferença entre tempo e clima.

Grande parte das pessoas não entende por que a previsão é do tempo, não do clima. Nem por que não se pode dizer que “o clima hoje está chuvoso”. Essas dúvidas são muito comuns, mas vamos esclarecê-las neste post! Para saber mais, é só continuar a leitura até o fim.

O que é o tempo?

O tempo diz respeito à situação atmosférica de um lugar em um determinado momento, como se tirássemos uma “fotografia” da atmosfera. Aspectos como umidade relativa do ar, mudança de temperatura, ventos, chuvas são relativos ao tempo. As variações acontecem no curto prazo.

Assim, o tempo hoje na sua cidade pode estar nublado pela manhã e chuvoso à tarde. Pode ter ventos no fim do dia e fazer frio à noite. Assim, tudo o que diz respeito ao tempo é instantâneo, como por exemplo: será que vai chover na hora do churrasco, no fim de semana? Amanhã vai fazer mais frio do que já fez hoje

O que é o clima?

O clima, por sua vez, diz respeito ao que é normalmente observado na atmosfera ao longo dos anos. O período usual é uma média de 30 anos dos parâmetros de chuva, temperatura, do comportamento dos ventos, etc. Com uma análise do que costuma acontecer ao longo do ano, é possível determinar se o verão de uma região é quente e úmido, ou se o inverno é frio e seco, ou se a chuva costuma acontecer apenas em quatro meses no ano.   Na Caatinga brasileira, por exemplo, o clima é quente e seco, com baixa incidência de chuvas. A este tipo de análise chamamos de padrão climático, ou simplesmente, clima.     Tudo o que diz respeito ao clima se refere à algum tipo de comparação. Será que este verão será mais quente do que o normal? Pode ser que a chuva da primavera comece mais cedo do que no ano passado? Posso marcar meu casamento na praia neste mês, ou geralmente chove? Como você pode perceber, as perguntas são diferentes das do tempo: remetem a um período bem mais longo.     As mudanças no clima obedecem a um certo padrão e se repetem ao longo dos anos por conta de ciclos da natureza. Uma mudança no tempo de uma determinada região não significa que o clima desse lugar foi alterado. Assim, quando há fenômenos como o El Niño ou La Niña, pode haver uma mudança no padrão de chuvas em determinadas regiões do globo terrestre.   Isso não significa, no entanto, que o clima nessas regiões tenha se alterado. Quando o fenômeno encerrar o ciclo, a atmosfera naquela zona voltará a se comportar de acordo com o padrão.    

Como os dados meteorológicos são obtidos?

Sobre todo o globo terrestre existem as chamadas estações meteorológicas. Elas são estruturas equipadas com aparelhos para medir pressão e temperatura atmosféricas, chuva, nebulosidade, ventos e outros fatores. Tais estruturas podem estar localizadas na superfície terrestre, como em parques ecológicos, em fazendas ou em reservas. Mas também podem habitar o ar, em balões atmosféricos e em aviões, e os mares — em boias e estações marítimas.     Essas estações mandam os dados para os centros de meteorologia de cada País, que por sua vez são concentrados e regulamentados pela Organização Meteorológica Mundial (OMM). Tais informações ficam disponíveis para serem interpretados por serviços meteorológico de todo o mundo, em um excelente exemplo de cooperação internacional.    

Por que a previsão do tempo é importante?

A previsão é fundamental tanto para o dia a dia das pessoas quanto para os negócios. Saber como estará o tempo, por exemplo, fornece dados para que a Defesa Civil das cidades possa se preparar frente a alertas de tempestades, ventos fortes e possibilidade de desastres naturais.   Do ponto de vista estratégico, as empresas usam as informações dos boletins meteorológicos para a tomada de decisões. No agronegócio, os gestores podem decidir com base no tempo e no clima o melhor momento para ações, como aplicação de defensivos, por exemplo.   Em outras áreas, como a aviação civil, a atividade nas plataformas de petróleo e o transporte de cargas, saber das condições meteorológicas pode ser fundamental para garantir a segurança das equipes que realizam os trabalhos, além de melhor gestão de recursos.     Em todas essas atividades e também na vida cotidiana, reconhecer a diferença entre tempo e clima é muito importante. Assim, é possível entender melhor o que acontece em seu redor e tomar decisões para garantir o bem-estar e a produtividade    

Achou este conteúdo relevante para você? Então, compartilhe-o nas suas redes sociais e espalhe essas informações!

Fonte: https://blog.somarmeteorologia.com.br/voce-sabe-qual-e-a-diferenca-entre-tempo-e-clima-entenda-aqui/

Deixe seu comentário